Dia do Sexo: 66% dos internautas querem sexo sem compromisso

Site e aplicativos de relacionamentos e encontros facilitam o sexo casual entre pessoas que se conhecem pela internet


65
7 , 65 points

O Dia do Sexo foi criado por uma fabricante de preservativos e é comemorado no dia 06 de setembro. A data não é oficial, mas tornou-se referência para os internautas brasileiros acostumados aos sites de relacionamentos e também pelos usuários de aplicativos que aproximam pessoas. Apesar de desconhecida da maioria da população, o Dia do Sexo foi a forma encontrada para ampliar as vendas de preservativos e lembrar que eles fazem parte da segurança com a saúde, especialmente quando o encontro é casual. A escolha da data faz alusão ao nome de uma posição sexual muito apreciada (6/9).

A sexóloga Carla Cecarello, do site de encontros casuais C-date (www.c-date.com.br), lembra que estudos comprovam que o sexo traz inúmeros benefícios para a saúde. “Se praticado de forma responsável o sexo pode melhorar a aparência da pele, fortalecer a musculatura, queimar calorias e aumentar a autoestima”, afirma a especialista. Para a sexóloga do C-date, o sexo é importante para as pessoas manterem um ciclo de vida saudável, mesmo quando feito de forma casual. “O importante é ter consciência de que ele vai ocorrer somente naquele momento e por isso todo cuidado é fundamental”, orienta Carla.

Hoje em dia o sexo casual é praticado com mais frequência e sem muito tabus. Além do C-date existem uma centena de aplicativos para encontros que levam as pessoas à prática sem que isso seja um preconceito. Além do C-date (www.cdate.com;br), é o caso do Tinder, do Badoo, MeetMe, Hot or not, Happn, entre outros. Há aqueles que localizam mulheres próximas, como o Women Radar, ou gays e bissexuais, no Gay Radar. Há sites e aplicativos para todos os gostos e estilos, seja para namorar, casar, encontrar um amante, ou um parceiro apenas para uma noite de sexo.

O site e aplicativo C-date foi criado na Alemanha e é voltado para encontros casuais. Possui no Brasil mais de cinco milhões de usuários. As idades variam entre 30 e 50 anos, com 51% dos cadastros identificados como do sexo feminino e 49% do sexo masculino. A presença de mais usuários femininos demonstra a nova posição assumida pela mulher, de estar à frente das suas decisões pessoais, dos assuntos profissionais e estudos. “O sexo está no rol dos temas que elas decidem como, quando e com quem querem fazer”, salienta a especialista do C-date.

As preferências dos usuários do C-date no Brasil são apresentadas em pesquisas realizadas com a base de dados do site. São efetuados levantamentos com os internautas com o objetivo de saber sobre suas vontades, desejos, quais os tipos de aventuras mais gostam, além de temas relacionados com o uso de preservativos, fantasias sexuais, locais preferidos e até sobre os orgasmos.

Importante lembrar que o sexo casual nada tem a ver com traição. No Brasil, Estados Unidos e Europa, a prática é muito utilizada por pessoas solteiras que não têm tempo para investir num relacionamento sério, mas que não querem ficar sozinhas. Muitas dessas pessoas estão envoltas por outras preocupações e prioridades, como a carreira profissional, estudos e, por isso, declinam de compromissos que demandam muita dedicação pessoal e tempo.

Dia do Sexo

O C-date perguntou aos usuários cadastrados o que eles gostariam de fazer no dia 6 de setembro, levando-se em consideração o Dia do Sexo. Dos 3.258 respondentes, 66,23% disseram que gostariam de encontrar uma pessoa e ter uma “boa transa” sem rodeios. Outros 22,30% preferiram sair para um jantar com um “final interessante”, enquanto 12,47% escolheram o item mais tradicional, conhecer alguém, conversar e, se ambos gostarem um do outro, serem recompensados com uma noite de “sexo casual”.

Para apimentar a relação no Dia do Sexo, 55,24% dos usuários afirmaram que topariam assistir filmes eróticos para facilitar a relação. Entre eles, 62,20% eram homens e 37,80% mulheres. Para elas, um encontro casual no “motel” seria mais interessante (57,38%), enquanto para eles (42,29%) o lugar ideal seria a “casa dela”. Quando perguntados se preferem um parceiro “escandaloso” ou “discreto” na hora do sexo, 77,69% dos homens e 79.04% das mulheres disseram que preferiam um pouco dos dois, variando de acordo com o momento da transa.

A pesquisa foi realizada entre os dias 10 e 26 de agosto e reuniu 1.874 mulheres e 1.384 homens cadastrados no banco de dados do www.c-date.com.br

Benefícios do sexo para quem tem mais de 50 anos

“Quanto mais ativa a vida sexual dos mais velhos, maiores são os níveis de bem-estar na vida e felicidade. Os benefícios do sexo são muitos, ele aumenta a autoestima, melhora a qualidade de vida, o humor e a intensidade das relações. No entanto, conforme a idade avança, o corpo vai passando por mudanças, por isso é preciso ficar atento e ter alguns cuidados. A libido não acaba com o envelhecimento. O que pode acontecer são algumas alterações hormonais com a terceira idade, como no caso das mulheres quando muitas vezes têm a testosterona alterada. O homem passa pela andropausa – distúrbio antropogênico do envelhecimento masculino – e essa alteração hormonal pode atingir a libido. Mas se não houver nenhum tipo de alteração no hormônio que desperta desejo sexual, a vontade continua da mesma forma”, explica Carla Cecarello, que também é sexóloga do site Solteiros50 (www.solteiros50.com.br).

É possível ter lubrificação na terceira idade?

A lubrificação tende a diminuir na mulher após a menopausa. Algumas ficam com ‘muito pouco’ e outras desaparecem completamente. Nesse caso, é sempre importante fazer à utilização de géis, principalmente os que são à base de água. Além disso, o lubrificante pode ser usado em cima do preservativo para que o deslizamento seja ainda melhor. Géis com hormônio são aconselháveis somente com recomendação médica. Vale ressaltar que o prazer continua da mesma forma, o orgasmo é uma sensação cerebral desencadeada por um estímulo no pênis ou no clitóris (vagina), se essa sensação for muito boa e prazerosa com certeza essa pessoa vai chegar ao orgasmo naturalmente.

Família X Terceira idade

Muitas vezes a família pode influenciar na vida sexual pelo fato de não conseguir imaginar seus avós ou pais tendo uma vida sexual ativa. “A terceira idade é vista como o fim de tudo na vida daquela pessoa, alguns chegam a recriminar beijos e, portanto, podem não aceitar que saiam para bailes em busca de novos parceiros. O que é uma pena porque nunca é tarde para viver e ser feliz”, conclui a especialista.

Por: Patrícia Gattone


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

65
7 , 65 points

Qual é a sua reação?

Chorar Chorar
0
Chorar
Fofa Fofa
0
Fofa
Droga Droga
0
Droga
Descurtir Descurtir
0
Descurtir
Curtiu Curtiu
0
Curtiu
Triste Triste
0
Triste
Amor Amor
0
Amor
Ganhar Ganhar
0
Ganhar
Surpreso Surpreso
0
Surpreso
hate hate
0
hate
fun fun
0
fun

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um formato
Questionário de personalidade
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Questionário de trivia
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Votação
Voting to make decisions or determine opinions
História
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Contagem regressiva
As contagens regressivas clássicas da Internet
Lista Aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista classificada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista
Meme
Upload your own images to make custom memes
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Audio
Soundcloud ou Mixcloud Incorporações
Imagem
Foto ou GIF
Gif
Formato GIF
Inline
Inline